16 de dez de 2014

Novo Guia Alimentar para a População Brasileira (2014)

No dia 05 de novembro de 2014, o Ministério da Saúde lançou a nova edição do Guia Alimentar para a População Brasileira. Com base em recentes evidências científicas e contando com a participação de pesquisadores e nutricionistas em oficinas e com a contribuição da população por meio de consulta pública, o novo Guia Alimentar tem como objetivo apoiar os indivíduos para escolhas alimentares adequadas e saudáveis.
A Oficina estadual para revisão crítica e discussão sobre o novo Guia Alimentar foi realizada pela Secretaria Estadual de Saúde no INAD, no dia 27 de março, contando com a presença de nutricionistas do Instituto e da Rede Municipal de Saúde.

Rodas de Conversa realizadas no ano de 2014

A Equipe de Coordenação de Cuidado Nutricional em Atenção Básica do INAD tem em sua agenda anual a previsão da realização de Rodas de Conversa sobre temas apontados pelos nutricionistas em seus relatórios ou nos grupos técnicos como situações mais vivenciadas no território em que atuam. No ano de 2014, o INAD contou com a presença de docentes de universidades públicas, profissionais da rede municipal de saúde e importantes referências nos assuntos abordados, como Cecília Lacroix, Célia Lopes, Cláudia Saunders, Débora Lopes Souto, Denise Giannini, Izabel Rey Madeira, João Régis Carneiro, Larissa Cohen, Lilia Zago, Márcia Simas Klein e Rosimere Peçanha. Os temas abordados foram os seguintes: MAR/14 – Hepatopatias // MAI/14 – Cirurgia Bariátrica // JUL/14 – Congelamento de Alimentos // SET/14 – Avaliação Nutricional e Cuidado Nutricional na Gestação de Risco // OUT/14 – Hortas NOV/14 – Obesidade Infantil
Ilustramos com fotos da última Roda de Conversa, pertinente ao rol das ações do INAD quanto à prevenção e enfrentamento da obesidade no município.

Seminário de Integração entre as Coordenações do INAD e da SUBVISA

Por meio do Decreto nº 39.255 de 01/10/2014, o INAD é incorporado à estrutura organizacional da Subsecretaria de Vigilância Sanitária (SUBVISA) do Município do Rio de Janeiro. A fim de promover a integração e o conhecimento mútuo sobre as linhas de trabalho das diversas Coordenações do INAD e da SUBVISA, realizou-se um Seminário no dia 05 de novembro nas dependências do Instituto. O INAD permanece com as mesmas atribuições segundo o Decreto, que são as seguintes: Planejar, implementar e avaliar: • a Política de Alimentação e Nutrição, no âmbito do Município do Rio de Janeiro; • ações e estratégias educativas de promoção de saúde, alimentação e nutrição; Normatizar, acompanhar e avaliar: • ações de promoção de saúde e nutrição, de prevenção e de controle de doenças relacionadas à alimentação e nutrição dos programas desenvolvidos na Rede Municipal de Atenção Primária em Saúde; • ações de intervenção nutricional para clientes internados (incluindo terapia nutricional enteral, banco de leite humano, lactário) e os clientes atendidos no âmbito ambulatorial; • os serviços de alimentação e nutrição nas Unidades da Rede Municipal de Saúde; Executar ações específicas de controle da qualidade de gêneros e produtos alimentícios/nutricionais, serviços e refeições dos Programas de Alimentação e Nutrição da PCRJ; Supervisionar e acompanhar a execução dos programas de alimentação e nutrição dirigidos a coletividades sadias emUnidades da PCRJ; Fomentar, realizar e divulgar pesquisas na área de alimentação, nutrição e saúde; Planejar, coordenar e acompanhar as atividades de caráter técnico, científico e cultural inerentes à área técnica dealimentação e nutrição.

Oficinas de Alimentação Complementar

O aleitamento materno exclusivo até os 6 meses e complementado adequadamente até os 2 anos de idade, em consonância com o desenvolvimento motor oral e a evolução da maturidade gastrointestinal da criança, representam medidas de prevenção de alergias e intolerâncias alimentares, bem como de doenças crônicas. Em 2014 (abril e novembro), o INAD realizou duas oficinas sobre Alimentação Complementar Saudável junto aos nutricionistas e profissionais da rede básica de saúde, alguns deles multiplicadores na Iniciativa Unidade Básica Amiga da Amamentação.

Oficina Manual de Planejamento Dietético no SUS (OPAS/CGAN)

Nos dias 14 e 15 de outubro, 15 nutricionistas representantes da Organização Pan-americana de Saúde, da Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, e de estados como Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife, Sergipe, Salvador, Porto Alegre e Curitiba reuniram-se na Fiocruz de Brasília. Do Rio de Janeiro, estiveram presentes os nutricionistas da rede municipal Hugo Marques e Renata Flores. A Oficina teve o propósito de desenvolver um instrumento para contribuir para a organização da atenção nutricional no SUS.

I Seminário de Prevenção e Enfrentamento da Obesidade no Município do Rio de Janeiro

Em outubro, para expandir as ações do Dia Nacional de Prevenção da Obesidade, foram desenvolvidas atividades em cada dia da semana, com mais de 430 participantes, dentre profissionais de saúde, usuários, gestores, acadêmicos e professores. No dia 8 de outubro de 2014 foi realizado, na Capela Ecumênica da Uerj, o I Seminário de Prevenção e Enfrentamento da Obesidade no Município do Rio de Janeiro. Houve a participação de 153 pessoas das mais variadas profissões, como nutricionistas, médicos, enfermeiros, psicólogos, educadores físicos, professores universitários e acadêmicos de ensino superior, agentes de saúde, dentre outras. A programação do evento se iniciou com a apresentação dos Centros de Referência em Obesidade (CRO) do Município do Rio de Janeiro. Na sequência, foi realizada mesa redonda sobre o tema ‘Epidemiologia da Obesidade’, com a participação dos palestrantes Cláudia Ramos, Rosely Schieri, João Régis e Evelyn Kowalczyk dos Santos. Para encerrar a manhã, um relato de uma paciente do CRO foi feito ao vivo, para mostrar a experiência e a vivência no tratamento da obesidade. Na parte da tarde, tivemos uma mesa redonda sobre educação em saúde no tratamento da obesidade, contanto com a participação dos palestrantes Suzete Marcolan, Alexandre Palma; Thais Salema e Phillipe Rodrigues.

4º Congresso da AMFaC

No 4º Congresso da Associação de Medicina de Família e Comunidade do Estado do Rio de Janeiro, em agosto, Suzete Marcolan apresentou o Painel 12 – Promoção da Saúde – Promoção da Alimentação Saudável, abordando dados epidemiológicos, as dimensões da alimentação e relatos de ações promotoras da alimentação saudável no município do Rio de Janeiro. Em seguida, foi realizada uma dinâmica sobre Mitos e Verdades sobre Alimentação encontrados na prática da Atenção Básica em Saúde. Por fim, foram oferecidos espetinhos de frutas, a fim de promover o consumo de alimentos in natura, em concordância com a proposta do novo Guia Alimentar para a População Brasileira, que tem como regra de ouro o desmérito aos alimentos ultraprocessados, que estão correlacionados com doenças crônicas da contemporaneidade.