24 de set de 2013

Oficina discute promoção da alimentação saudável com participantes do projeto DAMAS

No último dia 19, no auditório da Estação OTICS, nutricionistas do INAD desenvolveram uma oficina com o objetivo de promover a alimentação saudável para os integrantes do projeto DAMAS.

O projeto DAMAS foi elaborado como forma de intervenção de ações que visam à elevação da autoestima de transexuais e travestis, criando oficinas de capacitação que contribuam para o surgimento de oportunidades que favoreçam o protagonismo social, o crescimento econômico e consequentemente, pessoal e social, além de ajudar na reflexão e trabalhar ações que diminuam o preconceito contra essa população, tornando possível a integração delas com os demais segmentos da sociedade.


A partir das consignas “como e gosto”, “como e não gosto”, “não como e gosto” e “não como e não gosto” alguns determinantes para a promoção saudável foram levantados. Questões como a influência da indústria e do marketing/ propaganda de alimentos no consumo, o acesso a alimentos de qualidade e saudáveis, o consumo de alimentos orgânicos, a presença de agrotóxicos, valorização da culinária foram colocadas e discutidas.




Outros aspectos nutricionais mais específicos também foram discutidos a partir da experiência e curiosidade dos participantes, como por exemplo: o melhor óleo/ gordura a ser consumido, o uso de temperos prontos, alimentos funcionais, alimentação na atividade física.




Ao final, os participantes degustaram diferentes tipos de sucos, sendo expostos a outros sabores e estimulados a experimentarem diferentes formas de preparo dos alimentos